Secretário de cidade do RS esfaqueia ex-mulher e é preso; assista ao vídeo

O secretário de Logística e Transporte de São Jerônimo, Marcos Vinicio da Silva, 37 anos, foi preso em flagrante na manhã desta segunda-feira (21) após tentar matar a ex-companheira de 33 anos, e um homem de 24 anos. O crime ocorreu às 8 horas no município localizado a 70 quilômetros de Porto Alegre. Conforme o titular da delegacia local e responsável pelo inquérito, Marco Aurélio Schalmes, o secretário foi “tirar satisfações” na residência da mulher na Rua Lima e Silva, no bairro São Thomé.

Em depoimento na delegacia, o secretário disse que encontrou o portão e a porta da residência abertos e, por isso, foi seguindo até os fundos da casa. Lá encontrou a ex-companheira e um homem, que não estavam mantendo relações sexuais, segundo o delegado. Em seguida, os dois homens começaram uma luta corporal. “Eles rolaram no chão e o suspeito (o secretário) foi até a cozinha da residência e pegou uma faca”, detalha o delegado.

Segundo testemunhas, os dois conseguiram correr, mas Silva conseguiu alcançar a mulher a cerca de 50 metros da casa. Uma gravação (veja vídeo) mostra o momento que o secretário desfere golpes de faca na mulher, que está caída em um gramado. Schalmes explica que ela também levou socos do homem.

A gravação mostra o secretário tentando fugir. Entretanto, conforme o delegado, ele conseguiu correr cerca de 100 metros até ser contido por vizinhos. Em seguida, o homem é preso em flagrante e é levado à delegacia. A faca, de cerca de 20 centímetros de lâmina, foi apreendida com “vestígios de sangue”. Já as duas vítimas foram encaminhadas para o Hospital de São Jerônimo e, logo depois, foram transferidas. O homem foi para o Hospital de Pronto Socorro (HPS) e a mulher para o Hospital Cristo Redentor, ambos em Porto Alegre.

Às 19h20 desta segunda-feira, a ex-mulher do secretário permanecia em estado estável no Hospital Cristo Redentor. Já o homem continua em atendimento no HPS, na sala amarela.

Gravação demonstra “claramente” vontade de matar mulher, diz delegado
Para o delegado, a gravação demonstra “claramente” a vontade do secretário de matar a vítima. “Não existe a possibilidade de ser sem querer. Ele desfere golpes para matar”, observa o delegado, que chegou a mostrar o vídeo para o secretário. “Ele começou a chorar quando assistiu.”

Após prestar depoimento, Silva foi levado para Presídio Estadual de São Jerônimo. Ele deve responder por dupla tentativa de homicídio, qualificado por motivo fútil e feminicídio (devido a relação afetiva do secretário com a ex-companheira).

Após esfaquear ex-companheira, secretário tenta fugir (Foto: Reprodução)Após esfaquear ex-companheira, secretário tenta
fugir (Foto: Reprodução)

O agressor e a mulher tiveram uma união estável por quatro meses e chegaram a ter um filho, que hoje tem três anos. Segundo testemunhas, eles romperam a relação há mais de seis meses. Durante o período em que estiveram juntos, o secretário relatou que nunca tinha agredido a mulher. Apenas na noite de carnaval do ano passado “pegou no braço” dela com mais força, afirmou em depoimento. O término do relacionamento foi motivado pelo vício em jogos do homem, segundo relatou em seu depoimento.

O delegado observa que, apesar da presença do outro homem na residência, não se sabe ainda se ele é ou não o novo companheiro da mulher. “Testemunhas nos relataram que ele dormiu dois dias na casa da vítima, mas não tenho confirmação se ele era o novo companheiro.”

Durante os trabalhos da perícia, foi encontrado um bolsa preta onde foram encontrados outras facas e tesouras. Entretanto, o que “causou maior estranheza” para o delegado foi a presença de duas folhas de tamanho A4 com fotos de uma festa, ocorrida no sábado (19), nas quais aparecem os dois agredidos.  “Durante interrogatório, ele disse que visualizou as fotos no domingo (20), que imprimiu as fotos e iria na segunda-feira conversar com ela sobre aquilo”, observou o delegado. Devido a presença do material, o delegado acredita que o crime tenha sido premeditado.

No depoimento, o homem disse que “achou ofensivo” que a mulher expusesse a vida social nas redes sociais, devido ao rompimento recente do casal. “Ele disse que foi até a casa para falar com ela. Mas que ao chegar lá, perdeu a cabeça.” A principal motivação para o crime seria ciúmes. “Ele queria reatar o relacionamento” e nesta segunda-feira, flagrou o homem na residência.

Ainda nesta terça-feira, o delegado já ouviu cinco testemunhas que estavam no local do crime ou que conheciam o secretário e a mulher. A intenção é concluir o inquérito ainda nesta semana.

Prefeito vai exonerar secretário
O prefeito de São Jerônimo, Marcelo Luiz Schreinert, anunciou que deve exonerar o secretário Marcos Vinicio da Silva assim que receber a homologação da prisão em flagrante. “Ordem minha era exonerar hoje (segunda-feira), mas vou esperar.” O chefe do executivo municipal disse que não “compactua” com este tipo de violência. “Não posso aceitar isso. (Após) um crime desses ele não pode conviver com nós”, avalia Schreinert.

Marcos Vinicio da Silva atuava há quatro anos como secretário municipal. Começou como secretário de obras, no último ano do primeiro mandato do prefeito. E, depois da criação da Secretaria de Logística e Transporte, no segundo mandato do prefeito, assumiu a nova pasta. Schreinert explica que o advogado da prefeitura chegou a acompanhar o secretário na delegacia, onde ele viu o vídeo. “Eu ainda não vi. Mas foi um crime que abalou a cidade.”

Estudante de Engenharia Mecânica e de Produção, Formado em Redes de Computadores, Programação e Web, CEO da Alfa Network - Soluções Tecnológicas e WebMaster do Portal 724.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked (required)

 

Nadelson Leite

                  Editor Chefe do Blog

   

Antenado aos fatos. Notícias sobre política, segurança publica, mundo e esportes. Amante do automobilismo, entretenimento, tecnologia, música, teatro, cinema, ciência e economia. O Brasil e o mundo visto por todos os lados e com grande personalidade. De olho no trânsito de nossas cidades e serviços em geral. Imparcialidade e compromisso com a verdade, sempre respeitando a tudo e a todos. Opinando muito, ácido por vezes. Assim sou eu, Nadelson Leite Costa, cidadão brasileiro, Bacharel em Direito, pela UNINASSAU, Policial Militar de Pernambuco, alocado no Batalhão de Radio Patrulhamento, Vice-Presidente da Associação de Cabos e Soldados do Estado de Pernambuco, e atualmente Pós-Graduando em Direito Público.

 

Contatos pelo e-mail: nadelsonleite@gmail.com

Colunistas
Colunista 2
Colunista 3
Colunista 4
Sertão